Você sabe como funciona o protesto de títulos?

Além de auxiliar o poder público, o protesto de títulos possibilita a recuperação de crédito para população

Responsável pela recuperação de crédito e comprovação da inadimplência do devedor, o procedimento extrajudicial de protesto de títulos é uma ferramenta fundamental para auxiliar o poder público na extrajudicialização dos processos, além de assegurar celeridade e segurança jurídica à sociedade.

O ato de cobrança pode ser solicitado por qualquer pessoa, física ou jurídica, capaz, com mais de 18 anos. Apesar de não garantir o recebimento do pagamento, o protesto de títulos poderá servir com prova da inadimplência do devedor em um eventual processo judicial, visto que o procedimento é dotado de fé pública.

Para realizar o procedimento é simples: basta se dirigir a um Tabelionato de Protesto na Comarca de domicílio do devedor ou na praça de pagamento estipulada no título, assim serão verificados os requisitos legais do título. Após esse procedimento, o devedor será intimado a comparecer ao Tabelionato para evitar o protesto, pagando o título. Poderá, ainda, apresentar as razões pelas quais deixou de pagá-lo, que serão consignadas no instrumento de protesto. Se o devedor não comparecer para efetuar o pagamento, o protesto será lavrado pelo tabelião, e o devedor terá seu nome disponibilizado aos órgãos de proteção ao crédito. Caso o título seja quitado, o procedimento é encerrado.